top of page
  • Foto do escritorMaria Júlia Braz

A terapia cura?

Atualizado: 11 de nov. de 2023




Para responder a essa pergunta precisamos, primeiro, entender que o conceito de cura que empregamos usualmente é retirado do vocabulário da medicina.


Na medicina, a cura é entendida como o processo de superação da doença e restauração da saúde.



 


1. A BUSCA PELA COMPREENSÃO E ALÍVIO


Essa maneira de encarar o binômio saúde-doença é essencialmente normativa. Ou seja, há o ‘normal’ – saudável, e o ‘patológico’ – doente.


Quando falamos dos nossos processos fisiológicos involuntários essa conceituação é acertada e pertinente.


Mas será que podemos usar essa mesma formulação para falar sobre nossos sofrimentos mentais?


Não, não podemos! Pois o sofrimento mental é dotado de uma propriedade que o acometimento físico não possui:


  • Quando temos uma doença física, nosso corpo sofre de algo.

  • Quando adoecemos emocionalmente, sofremos por e para algo.

  • Nosso sofrimento tem sentido, não apenas presença.



2. A SINGULARIDADE DO SOFRIMENTO MENTAL


Essa diferença significa, entre outras coisas, que cada adoecimento mental é singular, tem relação com a história e o ser de cada um.


Por isso na terapia nós buscamos não apenas nos livrar daquilo que nos incomoda pois desvia da norma, mas compreender de onde surgem e o que buscam as nossas inquietações e angústias.


Não podemos querer eliminar todos os sofrimentos como se fossem doenças, até porque essa seria uma tarefa impossível.



3. A CURA COMO UM PROCESSO DE MATURAÇÃO


A ‘cura’ que a terapia proporciona é como a cura do queijo: o resultado de um processo de maturação, através do qual nos tornamos ‘mais a nós mesmos’ e podemos encontrar alguma paz em sê-lo.


Gostou da matéria? Compartilhe e continue acompanhando o nosso blog para ficar por dentro das novidades, e até a próxima!


Deseja saber mais, tirar dúvidas ou agendar sua consulta? Entre em contato nos links abaixo:

Maria Júlia Braz - Psicoterapeuta (11) 99317-7217 | mariajuliabrazcontato@gmail.com


Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page